Mozilla na CPBr8

A Campus Party Brasil é sem dúvidas o maior evento de tecnologia que acontece no Brasil. Também pudera, quem resiste a uma conexão de internet de 50 giga, palestras sobre os mais variados conteúdos ligados a tecnologia somando mais de 700 horas, jogos, oficinas e ações super divertidas? São 8 mil participantes: milhares de pessoas acampam durante aproximadamente uma semana no local, e outros milhares que escolhem apenas participar sem acampar. O evento acontece no Brasil desde 2008 e a cada ano busca inovar na maneira com que interage com seu público.

Chegada da comunidade Mozilla Brasil na CPBr8

Chegada da comunidade Mozilla Brasil na CPBr8

A oitava edição da Campus Party Brasil foi muito diferente das anteriores: novo local, um dia a menos de atividades, ar condicionado, palcos menores, mesma quantidade de público, etc. Para a Mozilla Brasil, ela também contou com muitas novidades. Neste ano os voluntários presentes prepararam mais de 30 atividades para os campuseiros, entre palestras na grade oficial e na mesa, oficinas, ações de engajamento e um hackathon. Foi sem sombra de dúvidas a Campus mais intensa de todas pra gente.
Saiba como foi parte da participação da Mozilla na CPBr8.

As Palestras
Logo no primeiro dia, os voluntários da Mozilla Brasil já protagonizaram 2 palestras nos palcos de comunidade. A primeira delas, intitulada “Firefox OS: O encontro”, foi apresentada por Qaiq “Thiaguinho” e Jonathan Lamin, e reuniu desenvolvedores interessados em aprender mais sobre a plataforma Firefox OS, desde os motivos que fundamentaram a criação do sistema até mesmo como monetizar seus aplicativos.

Firefox OS O Encontro

Firefox OS: O Encontro

 

Já a “Programando com o Apache Cordova para diversas plataformas”, apresentada pelo nosso colírio “Torto”, mostrou como superar um dos principais problemas enfrentados por desenvolvedores de aplicativos móveis, a grande quantidade de plataformas. Torto mostrou como o Apache Cordova pode ajudar a contornar este problema, inclusive na hora de desenvolver para Firefox OS. Ambas as palestras aconteceram durante a madrugada e tiveram o espaço reservado a elas lotado.

Programando com o Apache Cordova para diversas plataformas

Programando com o Apache Cordova para diversas plataformas

 

No segundo dia da Campus, tivemos uma palestra sobre Firefox OS com o André Garzia, uma das atividades que fez parte da grade oficial da CPBr8. “Firefox OS First” mostrou como o desenvolvimento de Open Web Apps reduz o custo de tempo e dinheiro na produção de um aplicativo e maximiza sua capacidade de entrega. A palestra também mostrou a importância da defesa da web como plataforma e o que isso significa para o nosso futuro.

Firefox OS First

Firefox OS First

 

Na madrugada de quinta para sexta-feira, no palco de comunidades, tivemos a palestra mais legal de todas, a “Envolva-se com a Comunidade Mozilla Brasil”, liderada por Samuel, que contou com diversos voluntários no palco. Esta teve como objetivo apresentar os projetos da Mozilla e convidar todos a participarem da comunidade. Sem dúvida a palestra foi um sucesso, pois começou com pouco público e acabou lotada. Muitas pessoas que assistiram a ela se envolveram com mais ações que aconteceram na nossa bancada nos dias seguintes da Campus.

Envolva-se com a Comunidade Mozilla Brasil

Envolva-se com a Comunidade Mozilla Brasil

 

Na tarde da sexta tivemos outra palestra que fez parte da grade oficial da CPBr8, a “Conheça o WoMoz e saiba como envolver-se”. Esta foi a primeira vez que apresentamos o WoMoz para o grande público no Brasil, antes conhecido apenas dentro das comunidades da Mozilla. Durante aproximadamente 40 minutos, eu (Mel) falei sobre a importância que este projeto possui dentro da área de tecnologia, em especial dentro do software livre e de código aberto. Muitas pessoas se interessaram pelo projeto e com certeza vão rolar parcerias muito legais para o projeto depois desta Campus. Esta palestra foi repetida durante a madrugada de sexta para sábado e o interessante foi a diferença do público, que durante a tarde foi predominantemente feminino e na madrugada foi na maior parte masculino. Isso prova o quanto o projeto é aberto e interessante, não importando o gênero de quem quer envolver-se com ele.

 

Conheça o WoMoz e saiba como envolver-se

Conheça o WoMoz e saiba como envolver-se

Na madrugada de sexta para sábado, no palco de comunidades, também rolou a palestra “Webmaker: Faça algo incrível com a Web!” pelo Panaggio e eu (Mel). Nela foram apresentadas ferramentas e materiais para ensinar a web, o padrão de alfabetização para a web, quem está por trás de tudo isso, como estamos criando uma comunidade de criadores para a Web no Brasil e como qualquer pessoa pode fazer parte dela.

Webmaker: Faça algo incrível com a Web!

Webmaker: Faça algo incrível com a Web!

 

As Oficinas

De terça a sábado, os campuseiros puderam aproveitar para conhecer melhor os projetos da Mozilla e até mesmo aprender como fazer parte da Comunidade Mozilla Brasil. Foram mais de 10 opções de oficinas realizadas na bancada da comunidade.

Destaque para as oficinas de localização do SUMO, liderada pela Mari, e de Webmaker, liderada pelo Panaggio, que conseguiram zerar todos os materiais que necessitavam localização durante a própria Campus.

Outro destaque foi nossa terapia de grupo, onde durante 1 hora todos os presentes puderam levantar o que não gostavam no Firefox enquanto os voluntários Samuel e Panaggio anotavam e tiravam dúvidas de como alguns dos problemas poderiam ser contornados. Todo o feedback levantado nessa oficina será entregue para a Mozilla, em forma de notas ou até mesmo de bugs. Quem sabe no futuro não serão todos resolvidos?

Terapia de Grupo: O que não gosto no Firefox

Terapia de Grupo: O que não gosto no Firefox

 

Além destas oficinas, rolaram outras, como a de Webmaker, onde todos puderam aprender mais sobre as ferramentas; a de Appmaker, uma hora inteira com foco só nesta ferramenta; oficina de produção de cartazes para salvar animais abandonados utilizando a ferramenta Thimble; oficina com foco em desenvolvedores para que eles pudessem conhecer as ferramentas de desenvolvimento do Firefox; WoMoz Coffee, que reuniu diversas pessoas para discutir sobre o projeto e o cenário das minorias dentro do universo de software livre e código aberto; e até mesmo uma oficina de origami, onde todos aprenderam a fazer a sua própria Fox.
Fica aqui nosso muito obrigado a todos que participaram das oficinas e dedicaram um tempinho a ajudar a Mozilla.

WoMoz Coffee

WoMoz Coffee

 

 

Origamimaker

Origamimaker

 

As Ações

Fox no palco principal

Fox no palco principal

Nossas ações de engajamento aconteceram durante todos os dias da Campus e trouxeram ótimos resultados para os canais de relacionamento da Mozilla Brasil. Destaque para a #SelFox, na qual os campuseiros deveriam postar suas fotos juntos com a nossa amada Fox. Foram mais de 200 fotos em aproximadamente 1 hora de ação. Outra ação que engajou e animou a galera presente foi a de tatuagem, na qual durante 1 hora os voluntários presentes tatuaram campuseiros, e em seguida as fotos deles foram retweetadas pelo perfil oficial da Mozilla Brasil. Testamos também os conhecimentos dos presentes com nosso #MozQuiz. Também tivemos ações que de tanto sucesso foram repetidas por diversas marcas durante o evento, como foi o caso da ação que envolveu o novo meme da Campus, o “Próximo”.
Acho que todos os campuseiros presentes sabem do que estamos falando, quem não gritou PRÓÓÓXIMO ao menos uma vez que atire a primeira pedra. Mas de longe a ação que mais animou e divertiu a galera foi a presença da Fox que tirou fotos, dançou, dançou e dançou mais um pouquinho. Até no palco ela dançou, repetindo sucesso do ano passado. Aliás, o vídeo da Fox mais animada do mundo dançando foi o post mais visto em todos os tempos na fanpage da Mozilla Brasil.

Foto de @completehere (via twitter)

Foto de @completehere (via twitter)

Todas estas ações geraram um super engajamento em nossas redes sociais, mais 300 likes em nossa fanpage e mais 500 novos seguidores em nosso Twitter. Isso tudo contando apenas o que aconteceu durante a Campus.

O Hackathon para aplicativos para Firefox OS

Vencedores do Hackathon

Vencedores do Hackathon

Os voluntários Samuel, Jonathan, “Torto” e “Thiaguinho” encabeçaram a ideia de fazer um Hackathon de aplicativos para Firefox OS durante o evento. Para participar, os campuseiros tinham 2 opções, produzir um aplicativo com tema livre ou partir de uma lista de aplicativos que são prioridade para o sistema. Tivemos mais de 15 aplicativos da lista produzidos e muitos já prontos para serem postados na Marketplace.
Durante os 5 dias, os voluntários da comunidade estiveram disponíveis na bancada para tirar dúvidas e ajudar no andamento dos aplicativos. Mesmo com um dia a menos de Campus mantivemos os resultados da CPBr7, com mais de 30 aplicativos submetidos para o nosso hackathon.
O grande vencedor do hackathon foi um divertido jogo de sinuca desenvolvido por Felipe do Espirito Santo. O segundo lugar ficou com Vitor Augusto da Silva que desenvolveu o Recordit, um gravador de voz para Firefox OS.  Já o terceiro lugar com  o aplicativo FinanFox, gerenciador financeiro para o Firefox OS que foi desenvolvido pelo Luiz Henrique Moreno.
Logo logo, estes e outros apps produzidos durante o hackathon estarão disponíveis na Marketplace.

A Comunidade

Balão do amor e fox de origami

Balão do amor e fox de origami

 

Todos os voluntários da comunidade Mozilla Brasil foram essenciais para o andamento da CPBr8. Em especial os novos voluntários, que dispuseram de um pouco de tempo da Campus para contribuir com a Mozilla, seja nas oficinas, ações ou até mesmo pra colando aquele tão cobiçado adesivo no seu computador (yeap, isso é Campus Party bebê!).
Sem ajuda de todos os presentes (e também ajuda remota de outros membros da comunidade), a Campus nem existiria para a Mozilla Brasil neste ano. Obrigada Thiaguinho, Panaggio e André por terem corrido atrás de toda organização pré Campus e claro por tudo que fizeram durante ela. Obrigada Cynthia e Mari por todo o apoio nas oficinas do WoMoz, suporte em todas as atividades e ações e em especial a Mari que liderou as atividades do SUMO; obrigada Jonathan por toda força com todas as atividades, em especial com o hackathon, que não teria o mesmo sucesso sem sua ajuda; obrigada “Torto” pelo suporte na mesa e pela incrível palestra sobre Cordova, que lotou mesmo tendo acontecido durante a madrugada; obrigada Westerley pelo apoio em todas as atividades, foi muito bom poder contar com um membro novo na comunidade que mostra cada vez mais força de vontade pra ajudar em tudo que for preciso; obrigada Samuel, nosso monstrengo da infra que provou de uma vez por todas que idade não importa quando se quer fazer algo que se gosta e ajudar a todos; obrigada Fábio, que mesmo super ocupado com seu projeto na Campus arrumou um tempinho de nos ajudar a fechar novas parcerias para a comunidade; obrigada Nelson, que junto com o Samuel, “Thiaguinho” e o Gabriel Martín, deram vida ao nosso mascote, animando todos os campuseiros;obrigada a Morvana e ao pessoal do Sul, que cedeu swag para o evento e ajudou na logística para que ele chegasse até a Campus; obrigada ao Rauber, membro honorário que ficou responsável pela vinda do nosso monstrengo e ainda nos trouxe muitos kg de erva mate da boa, de ajuda inestimável em inúmeros momentos; obrigada ao Bruno Lima pelo apoio na bancada e por ajudar a sanar dúvidas dos campuseiros presentes; obrigada ao Rafael Tavares pela ajuda, e que agora vai ter ajuda para fazer projetos do WebMaker em Aracajú graças à Campus; obrigada a todos da comunidade que ajudaram remotamente em especial ao Marcus Saad que foi essencial no cumprimento das metas de L10N e ao Luigui pelo apoio nas artes. E claro, a todos os novos voluntários! Sejam todos bem vindos! E não exitem em pedir ajudar quando necessário, estamos aqui para isso!

Um abraço a todos e nos vemos no próximo evento o/

Parte da galera da comunidade Mozilla Brasil

Parte da galera da comunidade Mozilla Brasil

 

PS: Em breve mais fotos do evento!

No comments yet

Post a comment

Post your comment